06/01/2021 às 11:33 - Atualizado em 08/01/2021 às 16:15

Fecomércio RJ comemora importante conquista junto à JUCERJA

O convênio entre a JUCERJA e a Fecomércio RJ, em parceria com os Sindicatos de Nova Friburgo, Cabo Frio, Valença, Volta Redonda, Miguel Pereira, Barra do Piraí e Três Rios, implantou Protocolos de Atendimento para receber os processos de forma híbrida.
Getty Images O convênio entre a JUCERJA e a Fecomércio RJ, em parceria com os Sindicatos de Nova Friburgo, Cabo Frio, Valença, Volta Redonda, Miguel Pereira, Barra do Piraí e Três Rios, implantou Protocolos de Atendimento para receber os processos de forma híbrida.

Publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro (D.O.) de 23 de dezembro de 2020, a Portaria JUCERJA nº 1808/2020 estabelece os procedimentos para o recebimento e arquivamento dos atos de registro de empresas no âmbito dos Protocolos JUCERJA conveniados à Fecomércio RJ.

Ainda em função do isolamento social, e considerando as possíveis dificuldades dos usuários estabelecidos no interior do estado em utilizar o sistema digital disponibilizado, a Junta Comercial regulamentou por meio de portaria o recebimento do protocolo híbrido de processos nos postos de atendimento implantados nos sindicatos filiados à Fecomércio RJ.

Nosso intuito foi criar um canal de atendimento aos empresários e contadores que estão localizados nos municípios do interior do estado, prestando um serviço de qualidade com um atendimento estruturado para dirimir dúvidas de registro empresarial e auxiliar na elaboração de documentos, cumprimento de exigências, orientações de procedimentos e intermediar a interlocução entre a Junta Comercial e os seus clientes.

Atualmente, o convênio entre a JUCERJA e a Fecomércio RJ, em parceria com os Sindicatos de Nova Friburgo, Cabo Frio, Valença, Volta Redonda, Miguel Pereira, Barra do Piraí e Três Rios, implantou Protocolos de Atendimento para receber os processos de forma híbrida, atendendo ao empresariado e a classe contábil nos procedimentos de registro empresarial.

A meta da Fecomércio RJ e da Junta Comercial para 2021 é expandir esses protocolos para mais municípios e assim levar esse serviço de qualidade a um maior número de empresários e contadores.