Sistema Fecomércio RJ

Sesc | Senac

Fecomércio RJ comenta PMC/IBGE de outubro

O comércio varejista brasileiro apresentou mais uma vez recuo (-0,8%) na passagem entre os meses de setembro e outubro, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio divulgada ontem (13/12/16) pelo IBGE. Em meio aos desafios vividos pelas empresas do setor, a Fecomércio RJ defende a continuidade dos cortes nas taxas de juros por parte do Banco Central, com possível aceleração na reunião do Copom de janeiro. Em paralelo, cabe a aprovação de reformas na legislação capazes de reequilibrar as finanças públicas, incentivar o investimento produtivo e um ambiente de negócios mais favorável à retomada do consumo.

A conjuntura econômica, marcada pelo encolhimento do mercado de trabalho e pelo encarecimento do crédito, exige esse conjunto de medidas. No Rio de Janeiro, a queda do setor ficou em -1,6% na relação mensal. Apesar do resultado geral negativo, no acumulado de 12 meses encerrado em outubro, o comércio fluminense registrou alta de +0,4% para o grupo Artigos Farmacêuticos e de +0,8% para Equipamentos e materiais de escritório, informática e comunicação. A despeito do cenário econômico, a essencialidade dos fármacos e a importância cada vez maior da tecnologia no dia a dia das famílias são oportunidades a serem consideradas no mercado.

11/01
Notícias
09/01
Notícias
05/01
Notícias
03/01
Notícias