27/11/2018 às 12:25 - Atualizado em 27/11/2018 às 13:01

Fecomércio RJ implanta Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade

Fecomércio RJ implanta Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade
Fecomércio RJ implanta Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade

Empenhada em fomentar o Turismo no Estado do Rio de Janeiro, a Fecomércio RJ implantará, no dia 07 de dezembro, o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio RJ (Cetur Fecomércio RJ), reunindo os líderes das associações que representam os principais setores produtivos do setor em todo o Estado.

“A vocação natural das regiões fluminenses para o Turismo e a relevância do setor como gerador de empregos, renda e arrecadação de impostos tornam o apoio e incentivo a este segmento econômico uma das prioridades de nossa Federação. Queremos que esta casa se posicione como um espaço de debate e definição das principais diretrizes do Turismo entre os diversos segmentos econômicos que compõem o setor para alcançarmos o seu pleno desenvolvimento“, destaca o presidente Antonio Florencio de Queiroz Junior.

O Cetur Fecomércio RJ está alinhado com o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e será composto por sindicatos de sua base de filiados que atuam neste setor, associações empresariais do Turismo, além de membros consultivos de diversos segmentos da sociedade de alguma forma envolvidos com a estrutura do Turismo fluminense.

Entre suas atribuições, destacam-se a defesa e o fortalecimento do Turismo como importante atividade econômica para o Estado do Rio de Janeiro; o acompanhamento da conjuntura político-econômica e das decisões governamentais, especialmente em um período de renovação da gestão estadual; a atuação no âmbito dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário na proposição de ações e no acompanhamento de decisões estratégicas; além da interlocução com os órgãos governamentais para as reinvindicações da categoria.

O Cetur Fecomércio RJ já nasce com um papel estratégico para o segmento: a elaboração de estudos técnicos, pesquisas e indicadores setoriais, acompanhando o ambiente de negócios relacionados ao estado, municípios e iniciativa privada.