30/10/2019 às 10:18 - Atualizado em 31/10/2019 às 15:00

Índice de Consumo das Famílias fluminenses aumenta no estado do Rio de Janeiro

Crescimento de 4,4 pontos foi influenciado pelo bom momento do mercado de trabalho formal
Freepik Crescimento de 4,4 pontos foi influenciado pelo bom momento do mercado de trabalho formal

O Índice de Consumo das Famílias (ICF - RJ) registrou aumento de 4,4 pontos no monitoramento de outubro deste ano, frente ao mês anterior, conforme antecipado pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) na sua última publicação. O levantamento é do IFec RJ, apurado pela CNC.

O crescimento do índice foi influenciado pelo bom momento do mercado de trabalho formal. O mês de setembro repetiu a melhora no desempenho verificado em agosto (+ 6.447) e registrou a criação de 9.996 vagas de trabalho formais na cidade do Rio de Janeiro, melhor resultado para o mês desde 2012.

O indicador Momento para Duráveis foi o item que mais contribuiu para que o índice se mantivesse abaixo do patamar de satisfação (inferior a 100 pontos). A queda do item aconteceu simultaneamente ao início da crise econômica. A recuperação, que ganhará mais força no último trimestre deste ano, vai contribuir para o crescimento da compra de duráveis.

O IFec RJ espera que o índice registre variação positiva na passagem de outubro para novembro. Deverão contribuir a liberação dos recursos do PIS-PASEP e FGTS, bem como os efeitos expansionistas do relaxamento da política monetária, iniciado no final de julho.

Indicadores do ICF

O gráfico abaixo decompõe a variação do índice nos seus sete indicadores. Em outubro, todos apresentaram variação positiva, com destaque para Compra a Prazo, que pode estar captando os efeitos esperados da redução da taxa básica de juros sobre a taxa paga pelo consumidor final.

 

variacao_icf.jpg

Para download

Pesquisa ICF RJ - 2019 outubro | Download