19/04/2021 às 13:32 - Atualizado em 20/04/2021 às 14:36

“Mãos gigantes” chegam ao Palácio Guanabara e ao Shopping Leblon

Obras de mais de 2 metros de altura em formato de pares de mãos representam a superação das dificuldades de 2020 e a esperança de retomada da normalidade em 2021. Intervenção urbana integra a campanha Rio de Mãos Dadas, do Sistema Fecomércio RJ.
Hélio Melo Obras de mais de 2 metros de altura em formato de pares de mãos representam a superação das dificuldades de 2020 e a esperança de retomada da normalidade em 2021. Intervenção urbana integra a campanha Rio de Mãos Dadas, do Sistema Fecomércio RJ.

Palácio Guanabara e o Shopping Leblon passaram a exibir, desde a última segunda-feira (19 de abril), as “mãos gigantes” da campanha Rio de Mãos Dadas, conjunto de iniciativas do Sistema Fecomércio RJ (Sesc RJ e Senac RJ) que visam a envolver as pessoas em um clima de positividade em 2021 para superar o difícil ano que vivemos.

Confeccionadas com fibra de vidro, cada obra tem mais de 2 metros de altura e o formato de duas mãos, trabalhadas por dez artistas locais. São eles Agrade Camíz, Bruno Awful, Cláudia Lyrio, Igor Nunes, Loo Stavale, Márcia Falcão, Maria Amélia Diegues, Mario Band´s, Robnei Bonifácio e Yhuri Cruz.

A mostra fica até o dia 13 de maio e, assim como nas fases anteriores de exibição, as mãos serão posicionadas, primeiramente, separadas, simbolizando as privações impostas pela pandemia. No dia 26, no Palácio Guanabara, e 27, as mãos serão unidas, representando a esperança da retomada de contatos, planos e afetos este ano. Algumas destas esculturas, que já ocuparam 20 pontos da cidade desde 19 de fevereiro, serão expostas também no Palácio da Cidade.

“A intervenção urbana está sendo uma oportunidade de comunicar à sociedade que a Fecomércio RJ, o Sesc RJ e o Senac RJ estão de mãos dadas com a população fluminense neste momento adverso. Ampliar a visibilidade do símbolo de união em novos pontos da cidade é uma forma de fortalecer o nosso compromisso com milhares de pessoas, de levar serviços de cultura, educação, capacitações, ações sociais e oportunidades a todos", explica o presidente da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior.

Além da intervenção urbana, a campanha Rio de Mãos Dadas prevê exposições itinerantes, maratonas virtuais, cursos adaptados ao “novo normal”, Prêmio Fecomércio de Cultura e uma Edição Especial do Prêmio Visão Consciente, entre outras atividades ao longo do ano.