04/09/2019 às 11:04 - Atualizado em 10/09/2019 às 13:48

"Semana do Brasil" vai estimular comércio fluminense, avalia Fecomércio RJ

Data especial, espécie de Black Friday brasileira proposta pelo governo federal, está prevista para acontecer entre os dias 6 e 15 de setembro
Data especial, espécie de Black Friday brasileira proposta pelo governo federal, está prevista para acontecer entre os dias 6 e 15 de setembro

A economia fluminense deve ganhar um gás extra no mês de setembro, com a implantação da Semana do Brasil, conforme avalia a Fecomércio RJ. A data, uma espécie de Black Friday brasileira proposta pelo governo federal, acontece a partir desta sexta-feira e vai até o dia 15 de setembro.

“O distanciamento da data em relação ao final de ano e ao Natal e o fato de ser um evento nacional são fatores positivos, que atraem o consumidor às lojas durante a Semana do Brasil. Estamos confiantes de que a iniciativa será um ótimo estímulo para a economia fluminense, melhorando o movimento do comércio de bens, serviços e turismo no Estado do Rio do mês”, avalia o presidente da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior.

Uma pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) mostra que 88% dos fluminenses pretendem aproveitar a data para adquirir algum produto ou serviço.

A maioria tem interesse em comprar eletrônicos (79,1%), roupas, calçados e acessórios (66,6%) e eletrodomésticos (64,8%). Também estão em alta artigos de uso pessoal e doméstico (49,3%), itens de alimentação (46,8%), livros e artigos de papelaria (38,4%) e pacotes de viagem (31,4%).

O levantamento revela, ainda, que 80% dos entrevistados não se incomodam com a proximidade com a Black Friday, que acontece em novembro. Na verdade, 43,8% inclusive disseram que pretendem aproveitar as promoções para consumir produtos e serviços em ambas as datas, contra 30% que querem reservar as economias para a Black Friday.