09/10/2019 às 11:44 - Atualizado em 16/10/2019 às 16:05

Veste Rio reuniu especialistas e empresários do setor da moda

Evento acontece entre os dias 9 e 12 de outubro no Píer Mauá e também terá lança de livro do setor, além de diversas oficinas
Reginaldo Teixeira Evento acontece entre os dias 9 e 12 de outubro no Píer Mauá e também terá lança de livro do setor, além de diversas oficinas

Empresários e especialistas do mundo da moda se reuniram, entre os dias 9 e 12 de outubro, nos armazéns 2, 3 e 4 do Píer Mauá, para a 8ª edição do Veste Rio: A Moda Aqui é Fazer Negócio. O evento, realizado pela Vogue e pela Revista Ela, do jornal O Globo, contou com o apoio da Fecomércio RJ.Senac RJ marcou presença no evento e ofereceu oficinas de degustação de cursos e palestras com profissionais renomados do mercado de moda.

 

A Fecomércio RJ esteve presente no espaço Outlet em um polo de vendas que reuniu 12 marcas. Estiveram presentes empresas ligadas ao Sistema Ajorio e aos sindicatos: Sintecidos, Sindcom Cabo Frio, Sindcom Petrópolis, Sindilojas Niterói e Sindioptica

 

Livro Comitê Técnico Setorial 

 

Com o objetivo de aproximar a instituição de ensino dos principais representantes dos segmentos de moda e turismo fluminense, além de identificar desafios, tendências e necessidades desse mercado e reunir subsídios para cursos e projetos educacionais alinhados às demandas dos empresários e da sociedade, o Senac RJ realizou em 2018 o Comitê Técnico Setorial, um amplo programa voltado para o desenvolvimento das vocações regionais do estado.

 

O resultado desses encontros, constituído por representantes de empresas, associações de referência, sindicatos patronais e de trabalhadores, membros da sociedade civil, do meio acadêmico e de instituições de pesquisa, ciência e tecnologia, além de especialistas do próprio Senac RJ, pode ser conferido nessa edição do Veste Rio, quando foi lançado o livro Comitê Técnico Setorial com a presença do presidente da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior, e da diretora regional do Senac RJ, Ana Cláudia Martins. A atividade incluiu uma palestra que abordou as Tendências e convergências dos trades de moda e turismo, com Rick Yates, especialista em Marketing e Branding e sócio-diretor na Another Hot Brand With An American Name

 

Mercado de Moda

 

O Rio de Janeiro é a capital da moda no país. A cidade cria tendências, influencia comportamentos e inspira a moda. Segundo levantamento do Senac RJ, o segmento é protagonista na economia fluminense, com 160 mil postos de trabalho formais em 38,9 mil estabelecimentos.

 

A arrecadação de ICMS do setor de moda no estado do Rio de Janeiro, em segmentos como comércio varejista e confecção, chegou a R$ 1,1 bilhão em 2018, acima do apurado no ano anterior (R$ 1,0 bilhão) segundo informação do Senac RJ, a partir de dados da Secretaria Estadual de Fazenda. 

 

O mercado consumidor de moda no estado também mostra sua força na análise da Balança Comercial do setor. Em 2018, foram R$ 798 milhões em importações, enquanto as exportações (R$ 365 milhões) não chegaram a metade desse montante – segundo apurou o Senac RJ com base em dados do Ministério da Economia.

 

Os dez municípios que somam o maior número de estabelecimentos do setor de moda no estado fluminense são Rio de Janeiro, Nova Friburgo, Petrópolis, Duque de Caxias, Niterói, São Gonçalo, Campos dos Goytacazes, Nova Iguaçu, São Joao de Meriti, Volta Redonda. Juntos, concentram 28.145 de um total de 38.887, o equivalente a 72%.